>
©
O coração dela mais parecia um cemitério de amores.
- Gabito Nunes.  (via quase-heroi)
Sempre vai haver uma canção contando tudo de mim, sempre vai haver uma voz contando tudo, tudo de nós.
- Kid Abelha. (via teleportear)
Sempre acreditei que as palavras são muito poderosas. E inventei uma lei: quem fala esquece, quem ouve não esquece. Na hora da raiva a gente fala pelos cotovelos o que dá na telha. Depois que a poeira baixa é que vamos perceber que fizemos muito barulho por nada.
- Clarissa Corrêa.   (via teleportear)
E com uma letra bem pequena, lá estava escrito no seu epitáfio: Tentou ser, não conseguiu; tentou ter, não possuiu; tentou continuar, não prosseguiu; e nessa vida de expectativas frustradas tentou até amar… Pois bem, não consegui, e aqui está.
- Dom Casmurro  (via palavrisses)

Tenho ciúmes até do que tu pensa.

É isto que amamos nos outros: o lugar vazio que eles abrem para que ali cresçam as nossas fantasias. Buscamos, no outro, não a sabedoria do conselho, mas o silêncio da escuta; não a solidez do músculo, mas o colo que acolhe. Como seria bom se as outras pessoas fossem vazias como o céu, e não tão cheias de palavras, de ordens, de certezas. Só podemos amar as pessoas que se parecem com o céu, onde podemos fazer voar nossas fantasias como se fossem pipas.
- Rubem Alves. (via oxigenio-dapalavra)